Janssen quer autorização nos EUA para dose de reforço em maiores de 18 anos

Por Revista Kromnws
06/10/2021

A Janssen, braço farmacêutico da Jonhson & Jonhson, solicitou nos Estados Unidos, autorização para aplicar uma dose de reforço em pessoas maiores de 18 anos.
Que receberam uma dose de sua vacina ao longo dos últimos meses contra a Covid-19.
Os estudos da farmacêutica apontam que, se uma pessoa receber um reforço da vacina 56 dias após a 1ª dose, ela fica 94% mais imunizada contra o vírus e suas variantes.
As chances de se ter a doença e apresentar sintomas graves, são de 100% de não acontecer.
Ou seja, ainda que a pessoa contraía a Covid, os sintomas serão tão leves e quase imperceptíveis.

A vacina da Janssen, está sendo usada em grande escala nos EUA, e algumas de suas doses acabaram vindo para o Brasil.
Diferente de outras imunizantes, ela garantia imunidade com apenas uma aplicação, as outras eram duas.
Mas, o grande problema é que agora com a variante Delta do Coronavírus, as pesquisas tem modificado o jeito da ciência ver a doença.
Os médicos já descobriram que, pessoas vacinadas e que contraem a variante Delta da doença, perdem a imunidade após 3 meses da vacinação de duas doses.
Por isso, reforçasse a necessidade de uma dose adicional.
O grande problema é que esse assunto começa a ser discutido, quando parte da população na maior parte dos países, se quer tomou as primeiras doses da vacina.

Reportagem de Anna Clara Ribeiro e Luara Pecker