Capítulo 6 | 2ª temporada | The Journalist |

O filho de Jenifer nasce, loiro dos olhos verdes, nada a ver com Piter ou com ela.
Era impossível explicar como a criança tinha nascido com aquela cara, já que a família de Piter não tinha nem um descendente assim.
De Jenifer, muito menos.
Mas, ela não fala nada sobre aquele mistério, apenas tenta passar o fato despercebido.

Os pais de Piter vão ao hospital, e ao olharem para o neto percebem que algo estava errado.
Eles pensam, será que Piter realmente tinha razão e Jenifer o enganou.
Escondido dela, Rebeca pede que um DNA seja feito do neto, para que ela tire essa dúvida.
Piter estava na UTI, morrendo, se eles iam viver uma mentira, ela tinha que saber.

Enquanto isso acontecia, Yago Castelamare continuava sua procura por Elize.
Mas era realmente como se ela tivesse sido abduzida.
Em nem um lugar ela aparecia.
Sandro vai procurar Castelamare e fala que soube que Elize desapareceu.
Ele pergunta se ele sabia de algo, e ele diz que pode não ser nada.
Mas que há alguns dias, Elize o telefonou, e pediu que investigasse o que pudesse sobre Felipe.
Da Max Saúde.
Ele perguntou o que foi que ele disse a sua irmã, e Sandro disse que as investigações estavam em curso, não teve nada para revelar.
Mas que ele conseguiu saber, que a Sauros, também estava investigando a mesma coisa.
Jornalistas da revista fizeram perguntas, mexeram em sistemas, foram atrás do passado de Felipe.
Talvez isso tivesse causado problema e levantado poeiras, que ele não quisesse.

Yago manda chamar Felipe, que vai a o encontro do mafioso.
Ele pergunta se ele sabe por qual motivo estava ali, e Felipe diz que não tinha ideia.
Yago diz que ele não precisa bancar o bobo, que ele sabe sim, o motivo que o levou ali.
Ele estava sendo investigado pela Sauros, Piter apareceu numa reunião e o viu.
De repente, Piter aparece quebrado, quase morto, e Elize, estava desaparecida.
Depois de pedir que ele também fosse investigado.
Yago exige saber o que aconteceu.

Felipe desconversa e fala para ele, que não tinha ideia disso, e que não sabe por qual motivo Piter quis o investigar.
Fala que o que soube, é que jornalistas estavam fazendo perguntas sobre a Max, mas que ele não associou eles com Piter de nem uma forma.
“Eu acho bom, porque se eu descobrir que teve algo a ver com isso Felipe, eu vou arrancar todos os órgãos do seu corpo e dar pros cachorros comerem.”

Felipe parece assustado, ele deixa o local do encontro, e Yago manda com que o sigam.
Ele vai para casa, entra na sua sala, e depois não saí mais de lá.
A máfia avisa para Yago Castelamare, e ele pede que eles fiquem de olho até no outro dia de manhã.
Por alguma razão ele não confiou no que lhe disse Felipe, achava que algo estava errado.

No hospital, Piter Sauros começa a reagir, e desperta do estado de coma.
Ao acordar, ele chama por Yago Castelamare.
A mãe pede que o filho fique longe dessa família, eles já fizeram muito mal a ele, e ele diz que não, não poderia ficar longe deles.
E que se ela não fosse atrás de Yago, ele mesmo levantaria da cama e iria a seu encontro.
Rebeca então deixa o quarto do filho, liga para a redação da Sauros, e pede que entrem em contato com Castelamare.
Eles tentam mas os telefones que tem não funcionam, era impossível localiza-lo.
Rebeca fala para o filho, e ele pergunta onde está seu celular.
A mãe fala que não acharam, e ele pede o dela.
Entra na sua nuvem e a mostra um contato.
“Esse é o número, liga para ele.” Fala ainda fraco.

Rebeca telefona, Yago Atende.
“Castelamare, eu sou a mãe de Piter Sauros, e meu filho quer falar com você.”
“Piter acordou?”
“Sim ele acordou.”
“Então diga que estarei aí em 5 minutos.”

Momentos mais tarde, a porta do quarto se abre.
“Eu estou aqui Jornalista, o que houve, onde está a minha irmã?”