Capítulo 4 | 2ª temporada | The Journalist |

Piter é apresentado a máfia italiana, e fica impressionado com os rostos que ele ve.
Eram pessoas muito conhecidas, empresários, homens de sucesso em Oglopogos, que estavam ali, diante de seus olhos.
Piter agradece a oportunidade de estar ali, e diz que pretendia fazer o que fosse possível para contribuir com o grupo, e atender a depositada confiança de Elize e de Yago, em seu trabalho.
Alguns dos empresários ficam desconfiados, e perguntam a Piter qual sua intenção ali, enquanto Jornalista.
Ele diz que foi convidado para estar ali, independente de sua profissão.
Ele não faria nada enquanto Jornalista ali dentro, a menos que lhe fosse pedido.
Ele era apenas mais um membro da máfia agora.

Os empresários parecem aceita-lo, e brindam com uma boa taça de espumante.
Elize e Piter comemoram e depois jantam juntos no restaurante, ela diz que Yago estaria orgulhoso, que ele se saiu bem com os empresários.
Piter diz a ela que poderiam ter um problema, logo de cara.
Ela pergunta o que foi, e ele diz que recebeu uma pista para seguir na revista de uma investigação.
O diretor da empresa que ele começou a investigar, estava naquela reunião.
Ela pergunta de quem ele estava falando, e qual seria a empresa.
Piter diz a Elize, que não poderia falar.
Ela diz a ele que teria que contar, mais cedo ou mais tarde, eles trabalhavam juntos.
Piter fica sem saída, e fala que era Felipe, da Max Health.
Elize diz a ele, que deveria prosseguir com as investigações e ver o que descobriria, mas antes de publicar qualquer coisa tinha que falar com ela, ela não ia o impedir de
publicar, mas tinham que preparar a narrativa.
Felipe era um dos que estavam desconfiados dele, e que o observou durante toda a reunião.

Eles conversam mais um tempo, e então vão embora.
Elize pergunta a Piter se deveria espera-lo aquela noite, mas ele fala que não pode.
O que houve entre eles no dia anterior, não podia mais acontecer.
Elize pergunta por que, se tinha sido tão ruim assim.
Ele responde que não, que foi maravilhoso, mas aquela situação não estava certa.
Elize diz a ele, que ele tinha Jenifer em casa e ela sabia, e que não estava pedindo que ele se casasse.
Apenas que vivessem aquele momento, sem pressão.
Diz que, Jenifer o enganou uma vez e que seria questão de tempo até que fizesse de novo, e ela estaria ali.

Piter vai embora para sua casa, Elize entra em seu apartamento, e fica pensando na noite anterior.
Ela também pensa em Felipe, e nas investigações, pega seu telefone e disca para alguém.
“Sandro eu preciso de um favor.”
“Pois não Sra. o que precisar.”
“Preciso que me diga se tem algo errado com a Max Health, ou com o diretor Felipe Maxuel.”
“Vou levantar as informações e eu te respondo em alguns dias.”
“Não não Sandro, é urgente.
Tem 24h pra me dar essa resposta, se aprece.”

Piter chega em casa e Jenifer pergunta como foi no trabalho, ele fala que bem.
Ela diz que estava pensando em passar um tempo na casa dos pais, até o bebê nascer.
Estava ficando muito sozinha e não estava gostando daquela situação, tinha medo de precisar de ajuda e Piter não estar lá.
Ele fala que tudo bem, que ela poderia fazer o que achasse melhor.
Jenifer percebe que ele não está feliz, que tem algo diferente.
Olha no fundo dos olhos de Piter e o pergunta.
“Por acaso conheceu outra mulher? Tá apaixonado por outra pessoa?
Por que casou comigo Piter?”