Governo de SP investe em professores para melhorar a Educação

Por Revista Kromnws – 08/09/2021

O governo de São Paulo está abrindo novas linhas de investimento na Educação.
O foco, é melhorar a experiência de professores com os alunos, manter o interesse, diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade de ensino no estado.
Desde que João Doria assumiu o governo paulista em 2019, a Educação do estado vem recebendo investimentos fortes, especialmente na área de tecnologia.

O mais recente projeto que deve ser apreciado pela Assembleia Legislativa de SP, destina um Orçamento especial para professores de escolas técnicas do estado.
O governo quer fornecer, R$ 2000,00 para cada docente, para que possam comprar novos notebooks de trabalho.
Ao em vez de comprarem e encaminharem um computador, o governo quer que o professor faça isso.
Tendo a oportunidade de escolher o modelo e marca com qual querem trabalhar.
Se o projeto for aprovado, 15 mil docentes serão beneficiados em todo o estado.

Os professores receberão os valores por meio de um abono, e terão que prestar contas.
Eles terão, 15 dias após conseguir o acesso ao dinheiro, para apresentar as notas da compra.
Quem não fizer isso, terá que devolver integralmente o valor.
Se não houver a devolução, o governo poderá sequestrar salários até se dar o montante dado para a compra.
Mas, as chances de qualquer desvio nesse tipo de projeto, são quase nulas.

Assim que o projeto for aprovado, o governo estadual já tem o recurso para ser liberado.
Só falta mesmo a parte burocrática, com a aprovação da Assembleia.
Como não terá que pagar, porque não é empréstimo é uma bonificação, o governo acredita não receber resistência a proposta.
O professorado começou a usar ainda mais computadores, inclusive nas salas de aulas, com a tecnologia digital sendo implantada dentro dos colégios.
E com a pandemia e as aulas remotas, o computador tornou-se realidade indispensável para os professores.

O projeto para as escolas técnicas é um piloto.
A medida que mais recursos entrarem, o estado pretende avançar, e enviar novos projetos a Assembleia.
A ideia é que, todos os professores do estado em algum momento, possam receber subsídios para trocar ou comprar um notebook de trabalho.
Assim como também, a ideia é modernizar as escolas.

A capital paulista já possue lousas digitais, e esta realidade já chegou em algumas cidades fora de São Paulo, como Campinas.
A ideia é que avance pelo estado ao longo de 2022.