Congresso pede troca de Ministro das Relações Exteriores de Bolsonaro

Por Anna Keringger, Do Informe Franca

25/03/2021 | 6h

O governo do Presidente Jair Bolsonaro vem se colocando em uma série de crises seguidas desde seu começo.
Suas diferentes alas ideológicas entram em choque quando se trata da fritura de alguém, quer seja Ministro ou Assessor do Presidente.
Foi assim que em pouco mais de 2 anos de governo, o Presidente fez tantas trocas que boa parte das pessoas que começaram o mandato como aliados, hoje deixaram os cargos.
O mais recente a sair de seu cargo, foi o General Eduardo Pazuello, da Saúde.
Ele deixou a Pasta, e demonstrou muita insatisfação com isso.
Pazuello chegou a declarar que o dinheiro e a política mandavam no Ministério e que por isso ele foi retirado do cargo.

Agora tem outro Ministro na linha da política, pronto para ser fritado pela turma de Bolsonaro com um apoio extra do Congresso.
A bola da vez, é Ernesto Araújo, das Relações Exteriores.
Os congressistas tem pressionado para que o Brasil volte a ter boas relações com a China, com os Estados Unidos e a Índia.
Nem um dos 3 países está nos planos de Araújo, para uma reconciliação.
Nesta quarta-feira, ele esteve no Senado para responder a perguntas de senadores sobre a atuação de sua Pasta na pandemia do novo Coronavírus.
Seu desempenho foi muito insatisfatório o que tem feito parlamentares pedirem sua troca ao Presidente.
Bolsonaro não fez menções de que deva aceitar o pedido e trocar o líder da Pasta.
Mas é questão de tempo até que isso aconteça.