Orcon desiste de contrato para produção de Android da Kernel

Por Sofia Loueine, Do Olhar Informe

01/03/2021 | 9h18

O Grupo Guilherme Kalel Comunicação, comunicou nesta manhã de segunda-feira, através de fato relevante ao mercado por intermédio da Orcon, seu braço de tecnologia,
que não vai mais assinar o contrato com a Sisten Kernel.
Desistindo assim da produção do Android personalizado que pretendia fazer em parceria com a marca de softwares.

Segundo Mariana Corsi, Coordenadora da Orcon, ao fazer reavaliações do que seria lançado, a empresa desistiu da produção do Android-K, como passou a ser chamada a personalização nos bastidores.
A desistência se dá, num momento em que o Grupo Guilherme Kalel, vem estreitando laços com a Onor Empire, empresa que tem entre as suas marcas a Aykon, braço de tecnologia responsável por fazer o Onor OS.
Um sistema operacional moderno, dinâmico e fluente, substitutivo ao Android convencional do Google.

Se a Orcon mantivesse o contrato, não poderia por lei, manter suas tratativas com a Onor para contrato de publicidade, que entra em vigor a partir de março.
As percas para o Grupo Guilherme Kalel, superariam os ganhos, e não seria vantajoso.
Por esta razão após fazer uma análise criteriosa no final de semana do contrato com a Kernel, que deveria ser assinado nesta manhã, o GK Comunicação desistiu do mesmo.

No contrato de publicidade firmado com a Onor, o Grupo Guilherme Kalel anunciaria os produtos desenvolvidos pela marca.
Criaria reportagens especiais para as suas exposições e explicações.
Colocaria o Onor OS como um dos cursos de ensino na plataforma Sofia para deficientes visuais.
Forneceria o sistema para integrantes e alunos do projeto Brasil Acessível.
Inclusive com atualização sobreposta ao Android, em tablets já entregues.
Substituiria tablets por novos modelos, 150 unidades.
Daria 50 unidades novas.
Forneceria projeto de tratamento oncológico para 100 pessoas ao custo de R$ 75 Mil mensal, por 3 anos.
Entre outras coisas.
O contrato tem valor estimado de R$ 2,2 Milhões, informou Vanessa Rezende, Presidente do GK Comunicação.

Com a palavra a Onor
O Blog procurou a Onor para saber se com a desistência do contrato por parte da Orcon, haveria algum problema ou prejuízo as tratativas com o Grupo.
A Assessora da Executiva Onor, Mariana Novis, disse que o contrato segue e não há nem uma intenção de cancelamento por parte da empresa.
Mariana destacou que houve uma má expressão por parte da Kernel, quando ofereceu seus serviços para a Orcon.
Por esta razão esclarecendo isso, as coisas estão bem.
Ela reforçou, que Annabelle Rech, Executiva da Onor, não apenas compreendeu como pretende em breve, fazer um novo anúncio que fortalece a parceria entre as duas empresas.