Imunização – Brasil pode liberar compra de vacinas pela iniciativa privada

Por Mariana Novacki, Do Health Informe

23/02/2021 | 12h38

O Senado Federal do Brasil, deve colocar em votação em breve um projeto de lei que muda a forma como as vacinas são adquiridas no Brasil, para o combate a Covid-19.
A União tem encontrado impasses e resistências para que pudesse adquirir as vacinas e imunizar as pessoas.
Nesse sentido, estados e municípios tem acelerado mecanismos que permitam com que esses entes da federação façam as compras afrente do Ministério da Saúde.
Há ainda, muitas empresas que estão dispostas a ajudar no processo de imunização,
comprando vacinas e imunizando seus funcionários, ou revendendo para aplicação em massa.

Nesse sentido o Senado vem elaborando um projeto que pode liberar a iniciativa privada, estados e municípios a fazer as compras.
Todos, ficariam amarrados a seguir o plano nacional de imunização.
Teriam que comprar doses para os grupos prioritários, e imunizar os demais com sobras.
Teriam que comprar apenas das empresas liberadas pela Anvisa, até aqui, Pfizer, Astrazeneca e Cinovac.
Mas este número pode aumentar, já que existem outras marcas buscando a aprovação da Agencia.

O Presidente do Senado Rodrigo Pacheco, disse que a Câmara deve ser ouvida para saberem sua opinião sobre o assunto.
Se houver maioria em favor, o Senado deve pautar o projeto rapidamente para que a Câmara também o aprove, e o Presidente venha a sanciona-lo.