Insegurança digital – Dados de brasileiros são vazados após contas ficarem expostas na Web

Por Nathália Valle, Do Blog Nathatech

10/02/2021 | 20h52

Um novo vazamento de dados atinge em cheio os brasileiros segundo dados revelados nesta quarta-feira, 10.
A empresa de segurança da informação Psafe, descobriu que uma base contendo 102 milhões de números telefônicos está a venda no mercado negro da internet para quem quiser compra-la.
As informações são da mesma pessoa que em janeiro, vazou dados de 223 milhões de brasileiros incluindo pessoas que já faleceram,
expondo números de CPF, RG, fotografias, CNH, benefícios do INSS, entre outros.

A empresa revelou que as bases de vazamento, vieram das operadoras Vivo, 54 milhões, e Claro, 45 milhões.
As Teles não confirmam e dizem que estão investigando, mas que não apontam nem uma invasão nos seus servidores ou banco de dados.
As operadoras ainda destacam que, os números de clientes que possuem são maior do que a lista divulgada, o que afetaria sua veracidade.

O Blog fez algumas comparações com dados, ao ter acesso a lista.
E conseguiu verificar a autenticidade do material.
Isso quer dizer que apesar de não terem acessado toda a base de dados de Claro e Vivo, boa parte das Teles foram de alguma forma acessada.
Os vazamentos são autênticos e condizem com dados da realidade.

Estão expostas, números de linhas móveis, SMS enviadas e recebidas, ligações e dados das mesmas, como data, hora, origem e duração.
As contas telefônicas e os valores pagos, quando foi pago e o formato, também fazem parte do vazamento.