STF dá a Lula acesso definitivo a mensagens da Lava Jato e abre caminho para nulidade de condenações

Por Carolina Winter, Do Informe Franca

09/02/2021 | 18h33

O Supremo Tribunal Federal definiu nesta terça-feira, 9, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deve ter acesso ao conteúdo apreendido de mensagens na operação Spoofing.
A operação foi realizada no ano de 2019, e revelou uma troca de mensagens entre procuradores da Lava Jato e o então Juiz, Sérgio Moro.

As mensagens reforçam a tese da defesa de Lula, que o ex-juiz, agiu com imparcialidade para condenar Lula em duas ações penais contra ele que julgou.
O ex-presidente foi condenado também em instâncias superiores em uma delas e tenta reverter a pena no Supremo.

Alegando que Moro tinha pretensões políticas, Lula conseguiu hoje a arma mais poderosa para atingir em cheio seu maior inimigo dos últimos anos.
O ex-juiz, tem contra si um processo que apontará se ele deveria ter suspeição para atuar contra Lula na Lava Jato,
esse processo que estava parado deve andar agora de maneira mais acelerada e ser julgado pelo Supremo nas próximas semanas, logo após o carnaval.
Pelo menos é o que defende o Ministro do STF, Gilmar Mendes.
Contrário as decisões de Moro e que participou favorável a Lula no julgamento de hoje.

Por 4 votos a 1, a turma do STF que analisou o recurso contra a operação, determinou que Lula tem direito em ver o material que foi apreendido.
Essas mensagens podem fazer parte de sua defesa, em futuros processos ou para o direito ao contraditório nas ações que ele já tem.
Esse foi mais um duro golpe sofrido pela Lava Jato nos últimos meses, que aos poucos vem sendo desmantelada e tendo condenações importantes anuladas pelo Supremo.
O caminho e Lula para a nulidade de seus processos fica mais fácil do que nunca a ser trilhado agora.