Luto – Irmã da Presidente do Informe, morre por Covid-19

Por Kate Hauen, Do Olhar Informe

05/02/2021 | 10h08

O Informe Franca está de luto,
morreu na manhã desta sexta-feira, 5, em São Paulo, a médica Giovana Granzzoti, de 39 anos.
Ela era irmã de Sofia Monary, Presidente do Portal.

Giovana estava internada no Hospital Samaritano, desde a terça-feira, 2.
Ela teve Covid-19, no ano passado, e se recuperou da doença.
Mas, ela voltou a testar positivo nessa semana, depois de sentir sintomas de reinfecção.
Giovana trabalhava na linha de frente do combate a pandemia, e apesar de todos os cuidados necessários, é prova do quanto esse vírus é traiçoeiro.

Neurologista cirurgiã e oncologista, formada pela PUC, Giovana trabalhava como médica e pesquisadora, no combate aos tumores cerebrais.
Era membro ativa do Congresso Internacional de Combate aos Tumores Cerebrais, e uma profissional muito ativa nessa área.
Tinha uma rede de clínicas médicas inaugurada no ano passado, batizada de Meclin,
que oferecia atendimentos e exames médicos em São Paulo.
Com a pandemia, a maior parte deles eram realizados por telemedicina.
Também tinha boa relação em grandes hospitais da capital paulista, e tinha privilégios médicos para operar, em pelo menos 3 deles.

Giovana se tornou muito conhecida pelos leitores de Guilherme Kalel, em 2016.
Ela assumiu a chefia dos tratamentos médicos do Jornalista, naquela oportunidade no mês de abril.
Ao longo dos últimos 4 anos, cuidou dele, com procedimentos, cirurgias, atendimentos.
Salvou sua vida por mais de uma vez, e era muito querida por Kalel e por sua família.

Foi por causa da médica, que o acompanhava em suas viagens por questões de saúde, que Kalel passou a ter contato com sua irmã, Sofia Monary.
Eles se tornaram muito amigos e Sofia passou a trabalhar com Kalel, em dezembro de 2016,
nunca se afastaram desde então.

A morte da médica foi confirmada pelo hospital e por sua irmã Sofia, e ocorreu hoje, as 8h30 da manhã.
Os detalhes sobre seu funeral ainda estão sendo acertados.
Por causa da pandemia, Giovana não deve ter um velório extenso.